Hoje trago-vos o diário de viagem do último destino que visitei este verão... Budapeste, a capital da Hungria. Esta foi a cidade que mais gostei de visitar, não por uma razão única, mas por um conjunto de elementos que me fez criar uma ligação com ela. A familiaridade com a cidade e as sensações que me transmitiu, as pontes sobre o rio, o paradão à beira rio e todo um conjunto de caracteristicas e detalhes fez-me lembrar Lisboa. 

# onde ficar
Bem, voltando ao nosso roteiro turístico... Estivemos em Budapeste dois dias e meio e ficámos alojados no Mezzo Budapest. Vou começar por falar-vos do espaço porque não posso mesmo deixar de vos dizer o quão gostei deste espaço. Um alojamento que aconselho totalmente, super cómodo e confortável que nos faz sentir em casa! Por um preço acessível têm um espaço onde estão completamente à vontade. A entrada, tanto na porta principal como no quarto, funciona através de um código. Este hotel tem cinco quartos sendo que todos estão equipados com cozinha e casa-de-banho, excepto dois quartos, onde a casa-de-banho de cada um fica no corredor (mas cada um tem a sua chave, ou seja, são casas-de-banho completamente privativas. Outra coisa boa é que estes dois quartos, para quem quer poupar, uma vez que a casa-de-banho não está dentro do quarto e também não tem cozinha, acaba por ser mais barato. Contudo, para além das casas-de-banho privadas, existe ainda uma cozinha comum. Concluindo, excelentes condições, flexibilidade por parte do hotel, higiene e localização perfeita. 

# cambiar dinheiro
Em Budapeste, a moeda utilizada é o florim portanto existem três opções: casas de câmbio, máquinas de multibanco ou pagar com multibanco nos estabelecimentos.

Primeira opção: casas de câmbio. O melhor valor que arranjam é 1€ por 302 florins, mais ou menos, sem taxas. Portanto fixem este valor. No entanto, devem ter em atenção que existem muitas casas de cambio que retiram taxas, ou seja, nós viamos muitas casas a oferecer Ft 305 por 1€ mas depois as taxas em absurdas e nem compensava, era como se estivessem a cambiar dinheiro por Ft 270. Por isso vejam sempre as casas que dissem comissão e qual o valor da comissão. A melhor comissão que conseguimos (isto é, a mais baixa) foi de 3%.

Segunda opção: máquinas de multibanco. Esta opção não compensa, mesmo. Nós experimentámos e estavam a dar-nos à volta de Ft 270 por 1€. Nas casas de cambio conseguem bem melhor.

Terceira opção: pagar com multibanco nos estabelecimentos. Antes de mais, nem todos os estabelecimentos têm multibanco e, provavelmente, as taxas serão maiores. Mas isso é uma questão de se informarem junto do vosso banco e depois tentarem ver o que compensa.

Ah, no que toca a souvenirs, a maior parte das lojas aceita euros por isso se deixarem isso para o último dia não se preocupam em trocar dinheiro.



# roteiro turístico
No primeiro dia começamos a manhã no mercado, Great Market Hall e depois deslocámo-nos até ao centro à procura de uma casa de câmbio e de um sitio para almoçar. Depois de almoço o plano era ir até à ilha margit assim passavamos pelos sapatos que se encontram à beira rio em homenagem aos judeus que foram ali assassinados e visitavamos o parlamento que é um dos maiores da Europa. Chegados à Ilha Margit (que no fundo não passa de um grande jardim) o plano era voltar para trás mas do outro lado do rio, o lado Buda. Desta forma passavamos pelo Fisherman's Bastion e, de seguida, o Castelo Buda onde há uma vista incrível para a ponte e para o outro lado da cidade. Depois de 15km, neste dia estávamos completamente acabados então o plano era voltar para o hotel.

Para o dia seguinte, o plano era ir ao Museu de Terror - para os fãs e interessados na segunda guerra mundial dizem que é um must -, mas a fila era enorme e optámos por ir até às termas comprar os bilhetes para a tarde. Acontece que, como queriamos apenas comprar os bilhetes para a tarde e não o dia todo, não foi possivel uma vez que devem ser comprados no momento (mas eu tinha lido num blog que o melhor era comprar com antecedencia uma vez que as filas eram grandes, portante não façam o mesmo que eu... as filas não são assim tão grandes de qualquer forma). No meio de tudo isto, acabamos por perder a manhã a andar pela cidade.


À tarde o plano era ir relaxar para as termas, mas antes queriamos visitar a Saint Stephen's Basilica e ainda visitar o Szimpla e o Akvarium, dois spots cool na cidade que nos tinham sido aconselhados por um amigo que tinha feito aqui Erasmus. O Szimpla é um bar muito fixe, estilo Lx Factory, e o Akvarium é um spot perfeito para o verão onde os amigos se reunem a beber uns copos e refrescam os pés no género de uma piscina - bem, o melhor é verem o meu vlog para perceberem melhor ahah.

Para terminar o dia da melhor maneira fomos até às famosas Termas Széchenyi, onde fomos enganados. Bem, eles têm dois tipos de bilhetes: um para o dia todo e outro só para a manha ou só para a tarde. O problema é que na realidade acabam por vender sempre o bilhete para o dia todo, que é mais caro. Enfim. Os turistas acabam sempre por ser enganados, pelo menos uma vez, durante uma viagem. Mas agora já ficam com esta dica: não se deixem enganar e vejam bem o preço!

A última manhã foi passada a andar pelas ruas de Budapeste à procura de souvenirs e encontramos um mega fail: uma placa metálica que dizia "Budapest is always a good idea", só que não, a imagem era uma rua da Baixa com o eléctrico 28 - vê aqui. Anyway, depois de termos os nossos souvernis seguimos caminho para o aeroporto e a nossa viagem pela Europa ficou por aqui.

Já foram a Budapeste? Deixem as vossas dicas, conselhos ou sugestões nos comentários!

6 comentários

  1. Belas imagens! Não me importava nadinha de poder viajar por esses lados!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Wow, adorei, essas fotos estão lindas! Adorava visitar!

    http://collecollectingwaves.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Já há algum tempo que gostava de visitar Budapeste e, quando for, vou aproveitar as tuas dicas! Essa fail no souvenir foi qualquer coisa!
    Beijinhos,

    A Maiazita

    ResponderEliminar
  4. As fotos estão tão lindas! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Olá Catarina.
    Lindas fotos! Nunca fui, mas está na minha bucket list!
    uma beijoca***

    visita e segue: momentomaravilha.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Partilha a tua opinião comigo!