DIA 5


Neste dia acordámos bem cedo e fomos até ao Forte de Amber onde se vê imensos turistas a andar de elefante. Para lá chegar é necessário subir uma grande escadaria. Depois o Khan levou-nos até um local mais "caseiro" onde tivemos a oportunidade de andar de elefante durante meia hora, mais ou menos. Durante este passeio passamos por várias casas e escolas locais. Foi uma experiência única e bem mais interessante do que simplesmente subir o forte.


Depois de andarmos de elefante ainda os alimentamos. Quanto a esta parte já não posso dizer que adorei ahah. Demos-lhes bananas, muitas bananas!

O próximo destino seriam algumas fábricas em Jaipur. Mas no caminho passamos por vários monumentos e fomos a um templo que não se encontra no roteiro turístico - o Khan levou-nos aos melhores locais quer eles fossem locais turísticos ou secretos. 


Numas ruas mais discretas de Jaipur visitámos duas fábricas onde tivemos oportunidade de ver a criação dos tecidos, peças de roupa e bijutaria. Foi super interessante e fez com que valorizássemos muito mais estas peçsa ao ver todo o trabalho que estes homens têm e as horas e dias que passam a fazer estas peças cujo resultado é incrível. É tudo pensado e feito ao pormenor não fazendo escapar nenhum detalhe. 

Um casaco destes demora cerca de um mês a ser feito.


A placa com que o senhor está a criar o tecido é de madeira. Eles têm inúmeras placas com diferentes padrões e é assim que criam um padrão após várias camadas de diferentes placas.

Nestas fábricas comprei algumas lembranças, mas mais tarde mostro-vos tudo!!

DIA 6

Mais um dia de viagem. Desta vez Nova Déli esperava-nos! Chegámos a Nova Déli por volta das 16/17h. Fomos directos ao hotel para fazer check in. Depois de tudo estar tratado fomos ver as ruas de Nova Déli de Tuc-Tuc. No caminho para o hotel passámos no super mercado para comprar alguns snacks.

DIA 7 


E este foi o último dia! O Khan apanhou-nos no hotel às 10h00. O voo era apenas às 2h00 por isso tínhamos um longo dia pela frente!

Em primeiro lugar fomos ao Chandi Chowk, um grande mercado que há em Nova Déli. Estivemos lá uma hora, mas sem dúvida que não deu para nada. Se quiserem lá ir vão ter de perder lá muito tempo mesmo! O mercado é enorme e cada rua pertence a uma determinada secção, por exemplo vão encontrar uma secção de ruas onde só há lojas a vender roupa, outra secção de ruas onde podes encontrar bijutaria e por aí. As ruas são super estreitas e há imensas pessoas a passar - o cheiro por lá não é muito agradável.


A seguir visitámos imensos monumentos e locais turísticos como Índia Gate, Lodi Gardens, Ghandi Smriti, National Museum, Laxminarayan Temple, Raj Ghat (onde estão as cinzas de Ghandi). Para além de todos este locais passámos ainda pela casa do Presidente e do Primeiro-Ministro.


Mesmo antes de irmos para o aeroporto terminámos a nossa viagem na Índia a visitar o Templo de Lótus.



Quando o Khan nos foi deixar ao aeroporto tirámos uma fotografia com ele para ficar com esta recordação. Ele foi impecável! Como já tinha dito mais em cima ele mostrou-nos não só os melhores sítios turísticos e locais a conhecer na Índia mas também nos mostrava locais secretos, como o passeio dos elefantes "caseiro". De certa forma foi também nosso guia porque era ele que organizava os horários e que locais íamos visitar - claro que também lhe podíamos pedir para ir a determinado sitio. Mostrava sempre preocupação onde quer que fôssemos. Quando o meu pai ia ao multibanco se ele demorasse algum tempo o Khan ia logo lá para ver o que se passava ou se ele precisava de ajuda, por exemplo. Estava sempre atento a todos os nossos passos com receio que fossemos enganados. E muitas mais coisas... Não podíamos ter pedido melhor motorista. Tivemos imensa sorte! 


Se algum dia fores à Índia aconselho o Khan como motorista porque é uma pessoa de confiança e é um excelente profissional - se estiveres interessada pede-me o e-mail dele.

E esta foi a minha viagem... Uma realidade um bocado diferente daquela que imaginava mas adorei conhecer a cultura, as pessoas e as cidades. 

Quem sabe se um dia não volto lá...

Enviar um comentário

Instagram